Volte ao SPIN

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Se eu morresse neste momento gostaria de ser enterrado assim

O enterro que não quero não pode ser não pode não n ñ
Título da obra: Eu não quero ser enterrado velado assim Ou: Como não quero ser enterrado
Não sou abelha para andar em bando, não que eu ignore o poder grupal, não é nada disso, muito pelo contrário, adoro o "todos juntos" mas, além disso, precisamos crescer nos fortalecer enquanto indi(ví)duos

A época do bando já passou
Não sou sósia de ninguém
Quem usa máscara é a morte e eu não sou a morte
Não quero ser enterrado assim
Quer dizer, enterrado ou cremado, tanto faz, aliás, tanto faz não
Cremado as cinzas jogadas no lago do bosque
In.te´.

Mas não se não houver grana para o crematório, fazer o q senão enterrar
Mas jamais assim pois isso quer dizer Ideia Sem Vida ou: Mortífero
Jamais quero ser velado enterrado olhado assim como se fosse o que não sou: Um integrante de bloco negro ou bb on bn bloco branco tanto faz
Nem faço rolezinho em grupo pq não sou abelha
Rolezinho só faço a sós, jamais em grupo










Nenhum comentário: